quarta-feira, 11 de abril de 2007

Corte e costura

- Pá, mas você lembra-se em tempos idos, quando era uma festa a ida à bola nos domingos? dia da família e da sandes de coirato (gargalhada geral).
- Então não me lembro pá, agora ele é jogos de 5ª a 2ª, em horários impossíveis para as famílias.
- E não é só isso, agora sujeita-se a sair do estádio direitinho para o Hospital, quer seja para um quarto ou directamente para a morgue.

...

- E o Pinto da Costa que sai de uma e entra noutra, agora é a brasileira para aqui e para acolá, olha aqui no jornal!

...

- E o Ti´Carlos do restaurante! esteve aqui o comandante dos bombeiros que explicou como foi tudo. Parece que foi mesmo repentino, disse que depois de estarem juntos na conversa, o coitado caiu redondo no chão. Nem ele o consegui salvar e olha que já leva 35 anos de Bombeiros!!!!

...

- O quê? agora que estou em fim de vida (o tipo não deveria ter mais de 40 anos), é que vou mobilar a casa com merdas caras? Vou ali ao IKEA e já está, o básico e o funcional (penso que o senhor se queixava de um divórcio e das partilhas).

...

- Isto está bom é para estes jovens...elas é que os engatam, a escolha é do leste ao oeste, irra! No meu tempo tinha que namorar à frente dos pais dela (tive que dizer algo logo após esta deixa do barbeiro. Como não tinha entrado em nenhuma das conversa anteriores, senti que aquela provocação era uma deixa para eu então começar a falar...).


Esta minha visita ao Cabeleireiro de Homens (nome pomposo e que tenta ser selecto, que o meu barbeiro usa para o seu salão) foi divinal!

De que falarão as mulheres? Acredito que os assuntos não serão menos interessantes!

23 comentários:

Docinho disse...

Acredita que são assuntos bens interessantes, por vezes picantes e muitas vezes de "corte e costura"... nos homens, claro!! ;))

Beijinhos

Lenis disse...

Nem por isso, no cabeleireiro aproveito para folhear as revistas do "Jet Set" e como nunca "faço sala" no cabeleireiro, porque marco sempre hora certa, nem sobra tempo para isso.

bjs

Maríita disse...

Eu esforço-me por marcar hora e evitar conversas, é que nem te passa pela cabeça o que se ouve por lá...coscuvilhice, coscuvilhice, coscuvilhice... horrível!

Beijinhos

Bodicea disse...

Vou a um cabeleireiro longe de casa.. Parece na terra do nunca e adoro estar lá.. Adoro que me mimem.. Com tudo a que tenho direito..
(E afinal até foste mm ao cabeleireiro:) )

Tere disse...

Ora deixa cá ver se eu entendi bem:

"No meu tempo tinha que namorar à frente dos pais dela"???

Foste tu que disseste isto, no "coiffeur" masculino(em francês fica trés chic)?

Quem diria que tu eras um menino tão certinho?.... E eu que já sonhava com um Romeu rebelde, que desafiava a ira do papá e os chiliques da mamã...

Bem, voltando ao tema principal: os temas dos cabeleireiros femininos nem sempre giram em torno do mundo masculino... Muitas vezes, a diversão consiste em dissecar a vida de outras mulheres pelas mais variadas razões... mas nenhuma delas boas.

De resto é uma pasmaceira: rolos, secadores, máscaras, cremes, ganchos, pentes, verniz, cera e revistas fuchsia. Nada de glamouroso!

Beijocas

LoiS disse...

Tere:

Desculpa já emendei para não existirem mal entendidos. O Barbeiro é que se meteu comigo com a conversa dos namoros do antigamente!

Tere disse...

Ah! Então reponho aqui a verdade! eheh

Eu já sabia que tu não me ias desiludir!

Nunca gostei de tipos certinhos! E há-que admitir que caíste nos meus dedinhos(ia dizer "olhinhos", mas como a nossa relação se alimenta através das letras, achei melhor melhor utilizar esta parte anatómica....sem segundas intenções!)

Beijo

LoiS disse...

Até gaguejas ... premonitório?

Capitão-Mor disse...

Essa frustração dos velhos em relação às gerações mais novas irritou-me sempre um pouco, mas enfim...é a conversa do costume!
Quanro custará um corte de cabelo nesse espaço? :)

Tere disse...

Como disse um sábio homem: "Prognósticos só no final do jogo".

Nunca se sabe o que o futuro nos reserva... E até podemos começar por experimentar um coiffeur unissexo. É uma ideia a considerar!

Beijo

LoiS disse...

Granto-te que ali não entram outros sexos. Quanto muito, apenas para assistirem ao corte e costura, quanto muito !!!!!

Como disse um sábio homem: " Não negue à partida uma ciência que desconhece".

Paula disse...

Agora que já esclareceste a Tere(li a 1ª versão e fiquei boquiaberta com o que tinha percebido) já posso comentar! ;)

No meu caso, na cabeleireira, apenas aproveito para pôr a leitura rosa em dia! Nem imaginas como umas horas de cabeleireira contribuem para a nossa cultura fofoqueira... ;)

Pois, namoravam todos na presença dos pais e estranhamente existia um sem número de crianças que nasciam de 6 ou 7 meses (logo após um casamento às pressas) mas, curiosamente, robustas! Enfim... digamos que há 30/40 anos atrás - e até menos - existiam muitos milagres!

Bolinha disse...

Então se fores a um barbeiro na aldeia ui ui, o meu marido aproveita a ida à minha terra pelo menos 1 a 2 vezes por mês , para cortar lá o cabelo e eu fico sempre a saber as últimas e nem quase conheço o SR., e nos cabeleureiros de senhoras é igual não duvides.Bêjo.

Jade disse...

Como muitos dos que comentaram disseram, também eu aproveito para ir folheando umas revistas da imprensa cor de rosa e normalmente fico alheada das conversas que vão rolando, não porque a leitura seja muito interessante, mas porque também vou aproveitando para conversar com quem me trata do cabelo que é um homem. O teor das conversas é diferente pelo facto dele ser homem? Neste caso, parece-me que sim e para além disso, tem umas mãos divinais.
Beijos!

Silvia F. disse...

Só vou ao cabeleireiro 3 vezes por ano... detesto! Vou sempre ao mesmo sítio e é um homem que trata sempre de mim. A conversa é breve porque prefiro ficar-me com os meus pensamentos.
Coscuvilhices e cortar nas casacas dos outros não faz o meu género.

Bjo

LoiS disse...

Docinho:

Reparo que deves ser um doce picante! Fica por cá e desculpa não te ter dado as boas vindas no comment anterior - WELLCOME !!!!
Bjs

Lenis:

Nem na conversa com a/o "coiffeur"?
Bjs

Maríita:

Tstststs não te divertes com isso?
Bjs

Bodicea:

Foges para bem longe é? porque será?
Bjs

Tere:

Respondido!
Bjs

Capitão:

O espaço que me cedeu a foto, fica em Lisboa. Não sei se depois do corte de cabelo o serviço inclui algo mais, tipo, acesso a um jogo da PS III ... quando vieres marco para lá um corte!
Abraços

Paula:

Nessa altura nem sexo tinham pá! A acreditar pelo que dizem: "só lhe dei o primeiro beijo na cara aquando da oferta da aliança de noivado".
Bjs e volta depressa!

Bolinha:

Aí é como no café da província, onde um tipo sempre pregunta: "e novidades da terra?", a seguir, até sabemos que o padre foi dentro por conduzir com 2.4 de alcool no sangue...

Jade:

Queres é conversar com o homem...sem ter nada contra, apenas enveneno um pouco linda: conheci apenas um cabeleireiro (de senhoras) que não era Gay - lol !
Bjs com love and light

Silvia Dragona:

Nem falam do FCPê e do apito dourado? ou da Carolina sei lá das quantas? tanta informação que poderias ter para partilhar com este cusco mouro - lol
Bjs sulistas

CaCo disse...

Olá Lois... de vez em quando apareço.

Eu adoro ir ao cabeleireiro. Farto-me de aprender coisas... quem namora com quem, quem traiu quem, que telenovelas existem, o que se usa de roupa, de acessórios, que lugares estão "a dar" em Lisboa, etc, etc...

Pareço uma provinciana (e sou) e saio de lá com um sorriso estúpido nos lábios. (e também porque acho que toda a gente olha para mim porque estou mais bela - o que é difícil... LOL).

LoiS disse...

CaCo:

Já te estou a ver a PERGUNTARES coisas!!!! HAHAHAHAHAHA

Fixe, é animado assim!

marta disse...

E falaste? Que foi que disseste? ahhh

marta disse...

Olha mas o teu cabeleireiro tb tem uma gaja assim a cortar.-te o cabelo? :)))))))))

LoiS disse...

Não tem não, é menos sexy e mais homem o que me corta !

O que eu disse ... pois ... fica para uma próxima ;)

Marta, Marta, Marta, estás a aparecer finalmente, cheira-te a concerto?

Bjs

Yashmeen disse...

Eu também não costumo ter conversas no cabeleireiro que ultrapassem as questões estéticas.

marta disse...

Não cheri! Já te expliquei pq desapareci e pq voltei a aparecer! Fases da vida. Umas vezes para cima, outras para baixo :)
Bejufa