segunda-feira, 9 de abril de 2007

Canudos

Algo que me tem irritado solenemente, prende-se com toda esta celeuma e dúvida sobre as habilitações académicas do nosso PM.

Todos se ocupam com o caso. Temos jornais; telejornais; opinião pública em estado de choque, devido a(s) eventual(ais) falha(s) no curriculum académico do nosso chefe e governante.

Mas quero eu lá saber se o tipo tem ou não tem a licenciatura devida, se acabou a bem ou a mal o curso, se está formado em engenharia do papel ou engenharia de minas.

Penso que poucos votaram nele/deixaram de votar, tendo como factor decisório a formação académica do então candidato.

O que eu quero e aquilo que me preocupa, é toda a competência, honestidade e profissionalismo com que o tipo desempenha as suas funções. Aliás, não existe nenhuma habilitação académica obrigatória para o cargo que ocupa e não será com diplomas que estaremos garantidos de ter um bom ou um mau PM.

Preocupo-me sim com a OTA e com as decisões sobre o TGV...

Não há muito tempo, ouvi um Director-Geral de uma multinacional espanhola, que desempenha o seu cargo em território português, orar sobre negócios, investimentos e sobre a economia nacional no seu geral. Referiu numa das suas respostas a uma interpelação e de forma expontânea, que em Portugal parece-lhe que as pessoas estão demasiado obcecadas com o tratamento do próximo através de um apêndice antes do nome ( “Doutor ..., Sô Tôr ... , Senhor Engenheiro ... , Arquitecto...”).

Na minha vida profissional, é comum, aparecerem interlocutores que me perguntam se sou Eng./Dr., ou afins. Uma vez, numa reunião respondi com um sorriso a uma interpelação dessas: ”Licenciado”.

Já que falo de mim e uma vez que não entreguei ainda a minha tese de Mestrado, pergunto: será que estou menos habilitado do que os que a entregaram? Academicamente é um facto, mas isso interessa assim tanto na hora de desempenhar as minhas funções, para as quais fui contratado sem me ser pedido um canudo desses?

Quanto à questão da licenciatura do actual PM, mais uma questão: no limite, não será até do interesse deste governo, desviar as atenções de todas as coisas realmente importantes?

24 comentários:

Mar disse...

Concordo completamente contigo lois. Eu quero lá saber se ele tem licenciatura ou não, eu conheço tanta gente que tem licenciatura e mal sabe escrever, não tem a mínima cultura geral e cometem algumas vezes autênticas aberrações. E também conheço muita gente com apenas o 12º ano que escrevem e falam muito melhor que muitos ministros e doutorados que aí andam. Vou ser sincera essa noticia não me tem tirado o sono!! Eu só quero é que o PM cumpra as suas obrigações e deveres de forma honesta, legal e menos autoritária também era bom :-)!!!

silva disse...

Concordo plenamente contigo Lois! A mim não me interessa o canudo do 1º Ministro, mas com as suas obrigações que lhe compete. Foi para isso que a maioria dos Portugueses votou! Mas a mente mesquinha dos Potugueses é assim mesmo, daí não me espantar nada com todo este mexerico.

Paula disse...

Estou parcialmente de acordo contigo (para não estar sempre a discordar)!

Neste caso concreto, eu concordo totalmente com o esclarecimento que saiu no jornal Público quando "rebentou" a polémica que transcrevo aqui
...o currículo académico de um político ou qualquer outra figura pública não é critério para o avaliar nem como pessoa, nem para saber se é ou não competente para exercer o cargo que ocupa. Grandes figuras políticas europeias - como Jacques Delors - não possuíam qualquer licenciatura. Na banca portuguesa, o presidente de um dos principais bancos privados e o vice-presidente doutro grande banco também não completaram a sua licenciatura.

E, entre os seis membros da direcção do PÚBLICO, só um completou a licenciatura, e não é o director. Em contrapartida, para o PÚBLICO, é importante verificar se referências susceptíveis de colocar em dúvida a forma como o primeiro-ministro se licenciou merecem ser investigadas. Não para saber se merece ou não o título com que se apresenta, mas para verificar se agiu sempre de forma limpa, leal e legal.


Para mim, ele pode até nem ter a escolaridade obrigatória, desde que cumpra correctamente o seu papel! Não pode é fazer alarde de algo que não possui, porque isso é enganar quem acreditou sempre nele! Mas também não nos podemos esquecer que, para já, tudo isto são meras especulações... e até prova em contrário, para mim (que costumo ser bastante crédula), tudo o que ele diz sobre este tema é verdade!

Bolinha disse...

A mim tanto me dá que o SR tenha canudo ou não ,mas não acham que no minimo merecemos um esclarecimento, ou deixamos de acreditar em tudo e em todos!

Capitão-Mor disse...

E se enfiassem o canudo no c....???? Eu falo por mim. Se estivesse à espera que o curso me resolvesse a vida, estava bem tramado!

Rançoso disse...

eu ainda tou a tentar tirar o meu mas é verdade que os canudos são mais como um ritual porque se tivermos cunhas e/ou soubermos "contornar" problemas, temos uma vida bem assegurada no futuro; até porque na sociedade actual, a qualidade de vida só depende da economia. Dirigindo-me ao tema, insistirem no canudo do PM é mesmo para desviar as atenções mas tambem é para poder gozar de momentos à frente da camera de televisão, enfim, coisas da oposição... nunca mudam!

Silvia F. disse...

Eu também não acho relevante se um Primeiro-Ministro é licenciado ou não MAS o problema aqui é que parece que Sócrates achou, quando começava a ter uma posição de destaque na política, que tinha de concluir a licenciatura. E tudo indica que fê-lo de forma mais rápida e fraudulenta num... Domingo E isso já é grave!
Um político que usa e abusa de uns conhecimentos e do poder para obter um canudo que lhe facilita a carreira não é relevante??? Ficar calado dias e dias fomentando ainda mais a mentira quando deveria ter logo esclarecido o eleitorado, é vergonhoso!
É falta de carácter, dá uma imagem de vil e péssimo representante de uma nação e por isso merece ser criticado e ridicularizado até à exaustão.

Em Portugal desvalorizar a mentira parece ser uma rotina quando se deveria valorizar só e apenas a verdade...

Lois, podes estar descansado, nos média há espaço para a OTA, o TGV e o canudo fantasma do Primeiro-ministro.

Maríita disse...

A questão base é a que referiste. Honestidade. Ainda estou à espera para saber se ele tem um pingo de honestidade ou não. é que ao contrário da maioria das pessoas eu não gostei que ele não tivesse cumprido uma única promessa eleitoral.

Lois disse...

Apesar de achar que a Formação é muito importante, corcordo plenamente com o facto de que, José Sócrates não é melhor nem pior PM, por ter uma licenciatura em Engenharia. Também penso que a imensa polémica á volta desta questão é apenas mais um "fait diver" tão a gosto do Jornalismo populista.
A principal e GRAVE questão, é o facto de Josè Sócrates
em 1993, como deputado da AR ter apresentado um curriculum oficial com uma «licenciatura em Engenharia Civil» que ainda não tinha - esta atitude pode ser considerada de Fraude. E é esta atitude que é condenável e que não esperamos que um PM tenha, pois faz-nos questionar a sobre a sua INTEGRIDADE.

Lenis disse...

O comentário anterior é meu e não do Lois. (Lois, desculpa o lapso)

bjs

LoiS disse...

Mar:
Nem a mim me tira o sono.
Sei, por conhecidos em situação idêntica, que muitos Bacharéis em Engenharia, se auto intitulam Engenheiros. Grave seria se assinassem projectos de Engenharia sem o poderem fazer, isso sim, seria uma autêntica ilegalidade.
Bjs

Silva:
À falta de melhor, tudo serve para deitar abaixo o governo, peguem na merda da decisão sobre a OTA que isso é que me interessa!
Bjs

Paula:
Concordo ctg.
Bjs

Bolinha:
Voltamos ao mesmo, não me sinto enganado pois a mim nc me vendeu o seu canudo!
Bjs

Capitão:
Muitos vendem-se pelo curso, será que é o caso?
Abraços

Rançoso:
Que raio de nome rapaz, mas concordo ctg.
Mas olha, o factor “C” que falas, não é só de Cunhas, é tb “C” de Conhecimento.
Abraços ;)

“Sofia” F.”ixolas”:
Que irritadinha a menina, está a revelar-se – lol
Olha, quanto à questão da OTA, é um facto que se tem falado muito, mas não sei se depois de tudo e todos terem provado por A+B que o investimento não é uma aposta inteligente, o governo, não se prepara para avançar mesmo assim!
É este silêncio que me incomoda. E o barulho por uma treta que me induz a pensar como pensei no final do post.
Bjs aqui do Alberto e não te irrites rapariga...tu não te irrites!

Marie:
Essa sim, é uma discussão que interessa!
Bjs

Lois aka Lenis:
Tás sempre a pensar no LoiS, é isso? Hahahahahahahahaha
Cenas dos próximos capítulos, de facto, só hoje veio a público essa história do PM aparecer como Engenheiro quando de facto não o era. Atribuo-o ao facto ao que referi à Mar e não concordo, registo isso!
Bjs sulistas

Artur disse...

Peterboy telefona para casa do seu amigo Johnnyboy

atende a mãe

- Peterboy - o Johnnyboy está em casa? - posso falar com ele

- Mae de Johnnyboy - aqui não mora nenhum Johnnyboy, talvez o Sr. procure o Dr. João Morais

Peterboy - Ok, pode ser, passe-me então ao Dr. João Morais

Mãe de Johnnyboy grita - Johnnyboyzinho querido anda aqui ao telefone que está linha um amigo teu

ritó disse...

A mim à outra coisa em relação a esta questão que me está a deixar "com a pulga atrás da orelha": Porque é que o PSD anda tão calado???? Admira-me como ainda não colocaram um "outdoor" - "O Eng.º que não é Eng.º. Ainda acredita?" LOL... a sério... espanta-me tanto silêncio... será que alguém meteu a pata na poça?

ritó disse...

... ou é cumplice desta situação?

Docinho disse...

Já foi referido que toda discussão em torno das habilitações literarias do nosso Primeiro-Ministro está a ser apenas uma manobra de diversão para afastar a atenção dos Portugueses para os assuntos importantes da Nação. Calculo que dentro em breve saberemos qual. Na minha opinião, algo está a ser "cozinhado" e o CV do Engº (??) Sócrates é um belo tema pascal...



Conclusão?

Qualquer dia temos que andar com o curriculum ao peito!!!

freemind disse...

Xiii, até eu me sinto obrigada a concordar contigo... ena, ena, que novidade.
Nós somos o país do que interessa é parecer e não ser... interessa que um PM ou qualquer dirigente neste país tenha um canudo e muitas habilitações académicas e trálálá... mesmo que depois seja um verdadeiro asno a desempenhar as funções que lhe competem.
Mas é do canudo é que o tuga gosta, do sô tor e do sô êngenhêro... isso é que é mesmo importante!

Xuinha Foguetão disse...

Realmente, já comentei muitas vezes que o tema já chateia.
Até me questionei na altura se seria necessário um certo nível da habilitações académicas para se ser PM. Pelos vistos não...
Concordo contigo plenamente.

Beijos

Silvia F. disse...

IRRITADA EU?? Naaaaaa, nem penses nisso. Ok, mea culpa, esqueci-me dos "smileys".
Embora as atitudes do nosso "venerado" P.M. sejam de bradar aos céus, não me irritaria contigo! Não me chateio facilmente, tá Hipólito? ;)
Bjo

Tere disse...

Hummm....a Independente vai fechar... hummm... o Sócrates, supostamente, terminou a licenciatura na Independente... hummm... o Gago quer à viva força acabar com aquela Universidade... hummmm...............

Acho que já tenho a ideia para o blog: Muito mentirosa(parte 2)

LOL

Beijocas

Tere

TONY, Duque do Mucifal disse...

hoje deitei mais uma acha pra fogueira no meu blog sobre o Pinóquio.
Lois, faço-te uma pergunta:
Se o Sócrates fosse um vendedor de automóveis em 2ª mão, tu compravas-lhe algum carro?

Pensa nisso...

LFM disse...

Acertaste em tudo!
De facto o mais interessante neste momento para o governo é falar de tudo menos da OTA e do TGV.
Mas é triste quando o PM de um país se faz valer de algo que não obteve da forma mais 'normal'.
Eu estou-me a cagar para o canudo dele, aliás não é graças aos canudos que possa ter que passo a gostar dele, mas detesto que o PM do meu país seja o exemplo vivo das influências políticas.
Resta-me aguardar por logo para ver até onde conseguimos ir.

LoiS disse...

Tony:

Já que questionas, compro um carro pelo carro, não pelo vendedor!

ritó disse...

Eu bem andava a estranhar... mas ontem lá se elevou uma alminha ao pedestal e disse que as habilitações literárias do PM deveriam ser objecto de análise por empresa externa ao Governo... mas esta alminha, para não lhe chamar outra coisa, acha que não há nada mais importante para fazer com os €€€ dos nossos impostos??????????
Preocupem-se com aquilo que é realmente importante...

Beijos Lois

Tony, uma comparação, sem sentido... se o Sócrates fosse vendedor de automóveis conhecia-lo tão bem como conheces aqueles onde vais comprar carros, ou seja, não conhecias nada!!!

LoiS disse...

Acho que o país merece as discussões que tem.

Gastarem tempo a explicar o básico, ou como agora reparo e reafirmo o que ouvi " um inocente a provar a sua inocência ", de um tema que de tão básico e mesquinho tudo tinha...

De facto, penso que merecemos isto tudo!

Viva Portugal, Viva os reality shows, Viva !!!!!