sexta-feira, 27 de junho de 2008

Reconhecimento, precisa-se!

Recentemente vim de viagem, uma semanita de férias além fronteira.

Para melhor me aconselhar, como normalmente faço, recorri aqui à net para saber mais detalhes do destino e do alojamento onde acabei por ficar hospedado.

Tenho por hábito recorrer ao mundialmente reconhecido TRIPADVISOR para conhecer opiniões dos hotéis para onde vou. Nesta viagem, esse sítio não fugiu à regra. No entanto, pela primeira vez, regressado de férias que estava, senti vontade de colocar ONLINE uma crítica sobre o hotel onde vegetei.

Escrevi uma crítica positiva e de auxílio aos portugueses que são uma nacionalidade com forte presença naquele hotel pelo que me referiram. Estendi o meu longo texto com dicas e explicações sobre a envolvente inclusive.

Recebo a seguinte mensagem dos responsáveis da TRIPADVISOR após validação da minha “REVIEW”:

Hola: Muchas gracias por escribir una crítica en TripAdvisor. Lamentamos comunicarle que, por el momento, sólo podemos aceptar críticas escritas en español, inglés, alemán, francés o italiano. Esperamos sea tan amable de enviar de nuevo su crítica en uno de estos idiomas de ser posible. Atentamente,IreneServicio de Asistencia de TripAdvisor

E eu que fiz questão de escrever em português, com o grande objectivo de chegar mais directamente à grande comunidade que se expressa nesta língua.

Só uma coisinha que vou enviar para a TRIPADVISOR:

A língua portuguesa, com mais de 215 milhões de falantes nativos, é a quinta língua mais falada no mundo e a terceira mais falada no mundo ocidental. Idioma oficial de Portugal, Brasil, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste, sendo falada na antiga Índia Portuguesa (Goa, Damão, Diu e Dadrá e Nagar-Aveli), Macau e Guiné Equatorial, além de ter também estatuto oficial na União Europeia, no Mercosul e na União Africana.

É uma importante língua minoritária em Andorra, Luxemburgo, Paraguai, Namíbia, Suíça e África do Sul. Encontram-se, também, numerosas comunidades de emigrantes, em várias cidades em todo o mundo, onde se fala o português como Paris na França; Toronto, Hamilton, Montreal e Gatineau no Canadá; Boston, New Jersey e Miami nos EUA e Nagoya e Hamamatsu no Japão.

3 comentários:

lélé disse...

É assim mesmo! Grande Lois! Boa defesa da nossa língua.

Rubi disse...

Muito bem Lois Apoiadíssimo. Depois conta-nos o resultado!!!

Silvia F. disse...

O resultado será: "por qué no te callas!" hehehehe
Ó seu vaidoso, continuas o mesmo, nem te dignas dizer onde foste?
Para não derreter o gelo que há em ti concerteza foste passar uma temporada com os esquimós, certo?
Hihihihihi

Besos ;P