terça-feira, 4 de setembro de 2007

I just call ...


- Estou, só um momento…

- LoiS, diz olá a esta grande amiga e manda-lhe beijos, vê lá se descobres quem é? - pede a minha colega ao ver-me passar junto à sua secretária.

- Olá, tudo bem?

- Olá, quem fala? - responde uma interlocutora feminina de voz sexy.

Tapo o bocal do telefone e pergunto à minha colega desafiadora: mas quem é? - ela ri-se e pede-me que descubra, desafia-me a continuar a conversa.

Volto a falar:

- Sou eu, não me reconheces, a Ana passou-me o telefone, olha beijosssssssssss!

- Não, não estou a ver, mas aceito e agradeço, beijossssssssss! – notei uma voz doce e simpática ... mas, irreconhecível.

- Hummm, desculpa mas eu tb não sei, mas olha, beijinhos e passo já o telefone à tua amiga! - soltou uma gargalhada e pressenti um sorriso enorme do lado de lá.

- Aceito, agradeço, mas adoraria saber com quem falo…beijos!

Pega no telefone a minha colega:

- Sílvia, não reconheceste quem era?



- Desculpe, desculpe, desculpe, enganei-me no numero!

Ainda tentei gravar o numero de telemóvel da adorável e simpática interlocutora, que não levou a mal o engano e que notoriamente aceitou a bem os meus beijos. No entanto a atrapalhação da minha colega que cometeu o erro era tanta, que achei melhor dar por encerrada a ocorrência!

5 comentários:

pedropina disse...

bem....receber tantos beijus estranhus é sempre bom!!!

LoiS disse...

Foi uma barracada monumental, comigo como actor improvisado.

blackstar disse...

Seu fácil... basta uma voz simpático que te derretes! ;)

Imagino a barracada! Esse work é assim sempre uma animação?

LoiS disse...

Hehehehe

Não derreti, mas recordando tudo fiquei super curioso com a simpatia.

Nada melhor que ser simpático, nada.

sil disse...

Espero que os beijinhos dados depois pessoalmente tenham remediado o embaraço.
LOL