quarta-feira, 9 de maio de 2007

Blogosérie Interactiva - 9m 32s - Episódio 2

Iremos assistir às quartas-feiras a uma história desenvolvida por Blogamigos.

Na senda de anteriores experiências em Blogoséries que por aqui já fiz, decidimos, eu e o meu bom Blogamigo português desterrado no Brasil: Capitão-Mor, fazer uma Blogosérie em cadeia.

A ideia é simples e interessante, cada um faz uma parte do conto e pede a outro Bloguista que o continue. Através de links poderemos ter uma verdadeira história, um conto em cadeia. De fio a pavio! ou algo desse género...

Esta Blogosérie ao ser desenvolvida por diferentes pessoas será muito mais rica com toda a certeza, reflectindo em cada uma das suas partes a imaginação do escritor e/ou as suas próprias vivências pessoais ;)

Assim, meus bons Blogamigos, cabe-me a mim, apresentar-vos a segunda parte da Blogosérie inciciada no Blogue do Capitão-Mor.

A primeira parte da história apanham-na através deste Link:
Episódio 1

Augusto Luís e Ferreira pareciam dois “Tarsius Spectrum” naquele momento. Estavam calados, circunspectos e de olhos bem abertos a olhar para a circunstancialmente pequena televisão.

Quem visse aquelas duas alminhas ali sentadas, pensaria por certo que os mesmos eram dois dos seres mais angélicos e meigos da humanidade. Tal era o ar de aparente carência associado às suas poses hirtas. Claramente fruto da atenção que dedicavam à televisão esperando ver na mesma o conteúdo da gravação.

Na TV, começa por se ver um ecrã azul, o DVD estava já a avançar. Nesse momento o estômago do Ferreira acusa o nervoso miudinho e lança um sonoro aviso.

- Pá, não vais começar com shows flatulentos agora pois não? – Grita Augusto Luís em notório estado de nervos!
- Não me melgues pá. PORRA, MAS O QUE É ISTO?

De um momento para o outro a TV começou a apanhar o sinal da televisão por cabo, desta feita, o que passou a dar na televisão foi o canal brasileiro RECORD. Parecia augúrio, ouvia-se um pastor da IURD a gritar para os telespectadores “eles andam aí, cuidado meu irmão!”.

- Que merda pá, tens um leitor de DVD da treta, essa merda não lê nada foda-se!

Augusto Luís tinha um dom (para além de muitos outros), um daqueles que fazia com que se expressasse, usando um vernáculo mais eficiente que o usado por muitos proxenetas e prostitutas da baixa do Porto. Acontecia sempre que estava impaciente ou nervoso num ambiente de intimidade.

- Calma pá, pode ser do DVD, pode estar sujo, vou limpá-lo! – responde Ferreira engolindo em seco e profundamente irritado.
- Mete mas é isso a dar, já me estou a passar, depois de uma molha para aqui chegar só me faltava mais isto! – Augusto Luís parecia pouco compreensivo.

Disco fora, Ferreira passa ansiosamente com o mesmo na sua tshirt verde alface, a mesma que usou para ir ver o jogo do seu Sporting e que tantas coisas limpava quando estava em casa (servia como toalhete íntimo muitas das vezes).

Ainda com o disco na mão e no instante em que se dirigia de novo para o leitor, toca a campainha do apartamento. Ao mesmo tempo ouvem-se uma série de pancadas secas na porta. Impacientes pancadas essas, a campainha só tocou uma vez, as pancadas, pareciam não parar mais.

- Tás à espera de mais alguém pá?
- Eu ... acho que não, que merda!

Ferreira corre para a porta...quem seria?

A porta da rua, que dá acesso ao interior do prédio, só abre com chave ou com um código, quem quer que fosse estava nesse momento do lado de lá da porta do apartamento, dentro do edifício.

Augusto Luís estava com as mãos na cabeça, era emoção a mais, a
ânsia de verem o que continha aquele DVD não estava a ser sanada, antes, ampliada.

Agora, com esta impetuosidade toda que se ouvia vinda da porta do apartamento, a atenção dos dois foi desviada momentaneamente, aumentando ainda mais o stress que viviam.

- Mas quem é Ferreira? – Augusto Luís estava impaciente.
- QUEM É? – gritava igualmente Ferreira encostado à porta!
- QUEM É QUE NÃO ESTOU A VER NADA?

As pancadas tinham terminado, Ferreira não via nada do outro lado, estava tudo escuro.

Passado um longo minuto de silêncio, Augusto Luís diz:

- Não estou a gostar nada disto!
- E eu caralho, como achas que estou?
- Ferreira estava pálido.

Não conseguiram fazer mais nada, ficaram sentados por momentos a pensar em tudo.

- Bem, esquece a porta, já ninguém está do outro lado, vamos ao DVD, mete lá essa porra e tentemos agora ver se isso dá!

Começam então a ouvir-se pequenos barulhos no vidro da sala, pareciam secas pancadas de martelo dadas no lado de fora...


Vamos lá, manifestem-se como interessados em fazer parte desta blogosérie. Passo agora esta delícia para alguém que trará mais salero a este enredo, a "mui minha" psico-filósofa JADE.

Querida, é TEU O NOSSO DESTINO!!!!

Aguardo uma nova rodada minha, numa outra semana, quando um dos narradores assim o entender ;)))))

- Quartas feiras/dias de blogosérie!!!!!!
EPISÓDIO 3 JÁ NO AR (16-5-2007)

16 comentários:

Jade disse...

Estou tramada! Vou entrar em estágio para engendrar um episódio à altura.
As coisas que eu faço por ti, Lois!
Beijos!

LoiS disse...

Não te queixes. É um honra miúda - lol

AnadoCastelo disse...

Boa, muito boa. Uma maneira airosa de passar a bola. Ai, mais uma semana de suspense.

Marta disse...

ideia fix

LoiS disse...

Ana:
Tinhamos que alongar o suspense, a história tem que render imaginação.

Marta:
Isso é uma candidatura?

Marta disse...

Ui medo! Muito medo!

Capitão-Mor disse...

Pá, confesso que esperava que o mistério da filmagem já seria desvendado hoje! Agora a coitada da Jade ficou tem um bico d´obra pela frente...

Tere disse...

Eh pááá! Agora é que tenho mesmo pena de ainda não ter um blog!!! Senão ia-te te pedir para me passares "el marrón" ("batata quente" em espanhol).

Fui uma fervorosa e compulsiva leitora da 1ª blogserie e, apesar de estar a comentar no teu blog dou os parabéns ao Capitão-mor e à Tati pelas excelentes composições!... E esta para lá caminha!

A ti, querido Lois, nada tenho a apontar...Como sempre, a tua escrita cativa-me e este post é mais um belo exemplo. Mal posso esperar pelo o que a Jade vai escrever... tem mesmo que sair na quarta-feira??? Não pode ser já amanhã? ;)

Besos

Tati disse...

gostei, e gostei mais ainda do jeito que você usou para passar a bola do DVD.... Segura a curiosidade...
Beijo

Rubina disse...

Muito Bom. Parabéns :)Aguardo pelo episódio da Jade!

blackstar disse...

Ui... já fui ler o do Capitão, e acho que isto está a ficar assim um 'cadinho assustador! Mas lembrando-me da 1ª blogosérie, e não sabendo se esta está ou não relacionada, parece-me que estas personagens merecem uma pequena dose de sofrimento!

(A parte da IURD foi fantástica! Você quando quer esmera-se! ;))

Maríita disse...

Lois,

Então o que é que está no DVD? Já não basta o Capitão ter deixado o pessoal todo em suspense, tu continuas?

Jade, gabo-te a paciência, agora põe algo terrível nesse dvd, ou então põe um dvd da barbie que não há estomâgo que aguente esta ansiedade!

Beijinhos a todos

LFM disse...

A esse rítmo, temos sérios candidatos a argumentistas de uma série estilo 24 à portuguesa (e com Sporting e tudo).

Gi disse...

Não vale :( estava à espera que levantasses mais um bocadinho do mistério.

mystic disse...

Belas bombocas deixaste á Jade: o misterioso DVD e as pancadinhas do martelo.

Docinho disse...

Estou a assistir a esta "serie" com o maior interesse e divertimento.

Muito bem, Lois

Beijinhos com sabor a Touriga Nacional