terça-feira, 2 de janeiro de 2007

Preço Novo

Novo ano entrou, uma passagem do ano que se comemorou ( comemorei ), agora, como que profeta do augúrio Vos digo:

Aumenta quase tudo, inclusive são aumentados os ordenados para alguns, mas nunca proporcionais ao que aí já está, ou virá !

Aumenta a electricidade em seis por cento, os transportes públicos também vão ser mais caros, em média 2,1 por cento. Em relação à habitação, as rendas vão ser cerca de 3,1 por cento mais caras, aumentará também a Euribor como já vem sendo hábito o que provocará um aumento nas taxas de juro do crédito à habitação.

Existirão novas taxas na saúde; aumentarão os combustíveis; os serviços dos CTT; a água; as portagens; os parquímetros; o pão ...

Esperem um pouco mais para ver TUDO mais caro em associação com o encarecimento dos transportes/energia !

Razão para questionar, comemorámos mesmo o quê ?

10 comentários:

Beetle Bug disse...

Muito bem pensado! Não deveríamos antes ter ouvido a marcha fúnebre em plena passagem de ano? Rais'partam este país!

Yashmeen disse...

Olha, comemoramos estar vivos, "prontes"! Morto é que ninguém consegue emigrar... ;)


Happy 2007, dear Lois!!

Paula disse...

Concordo com a Yashmeen! Comemoramos o facto de estarmos vivos, de termos conseguido ultrapassar mais um ano, apesar das dificuldades (maiores ou menores) que nos foram impostas e comemoramos porque, apesar de todos os aspectos negativos que referiste, esperamos ser felizes!

Be happy!!!

LoiS disse...

Quanto a mim, como já postei, a verdadeira mudança do ano ocorre no período pós Verão. Eu sei, são restícios do meu tempo de estudante, era a altura em que começava um novo ano lectivo, cheio de esperanças, metas e objectivos futuros.

Quanto a esta festa, nem mais, nem menos, uma data de calendário muito boa para o convívio. Quanto a mim, igual a uma noitada que fiz nas véperas, em comemoração por estar em Portugal um lindo bando de amigos francófonos desejosos do tal "reveillon" que passámos juntos !

Se é para comemorarmos estarmos vivos, comemoremos todoas as manhãs qd acordamos, ou qd nos deitamos após mais um dia acordados no mundo real.

Bjs

Maria disse...

Ontem no telejornal começaram a debitar quanto é que vamos gastar mais em 2007, e é verdadeiramente assustador. Felizmente não fumo, senão acho que estaria hoje deprimidíssima!

Beijocas cheri, Bom 2007!

Paula disse...

É claro que uma mudança pode ser celebrada quando quisermos! Pode ser em Setembro, em Dezembro ou em Maio!
Podemos dizer que esta data é uma imposição do calendário, claro que é! MAs é esse calendário que rege a nossa vida...

Capitão-Mor disse...

Bem visto! Por aqui não existem esses aumentos de Ano Novo. Graças a Deus!

mystic disse...

Um brinde aos brindes!

Esquece lá os aumentos, bebe-se para esquecer um pouco isso, a passagem de ano é para ser vivida com todas essas coisas para trás das costas. É como diz o outro, da morte ninguém nos livra como tal enquanto estamos vivos aproveitemos o melhor possivel.

Don´t worry be happy!

Xuinha disse...

A sobrevivência!

Yeah!!!! :)

Beijocas e bom ano para ti.

Jade disse...

Olá Lois! Realmente o ano não começa bem, como já vem sendo hábito e se racionalizarmos, de facto, nem dá vontade de comemorar nada. Mas também concordo com o que a Yashmeen e a Paula disseram: comemoramos mais um ano que passou apesar de todas as adversidades. Claro que podemos comemorar quando quisermos, em qualquer altura do ano mas a noite de fim de ano é, por tradição, uma altura de catarse, de loucura, de fantasia para enfrentar o novo ano que ai vem. Se as pessoas ficam mais felizes assim, porque não?
Beijinhos novos e bom ano para ti!