segunda-feira, 3 de julho de 2006

À tua !


Estás numa nova e linda fase da tua vida, grande amiga !

Lembras-te:

- de quando tinhamos a idade da parvalheira e falávamos horas ao telefone sobre tudo e sobre nada !
- quando conseguimos, finalmente, sair juntos pelas noites de Lisboa !
- das nossas investidas ao BA e obrigatórias copofonias - Frágil / Keops / Captain Kirk / Três Pastorinhos / Dna Rosa / Primas / Cena de Copos / BBA … Incógnito e de tudo e todos nos conhecerem !
- das noites alternativas, dos amigos “marados”, da cumplicidade reinante !
- da tua grande amiga da altura com quem eu andei, mas que indelicadamente e rapidamente troquei pela tua companhia, que preferia, “de irmã “ !
- das noitadas – e o que amávamos as noitadas - ai as noitadas !
- de ninguém se meter connosco se o outro não concordasse ou autorizasse !
- da nossa sintonia, bastante incompreendida por vezes, só por sermos pessoas de sexos opostos !
- de me teres levado, junto com uma nórdica que "tu engataste”, para os maus ( bons ) caminhos, após uma investida nossa pelo saudoso Alcântara Mar !
- do teu pânico, cada vez que tinhas que me apresentar um novo namorado/ engate/amor, com medo que eu não concordasse !
- de quando fomos para Madrid à aventura, sem nada marcado e como tudo correu bem como tu previas !
- das festas universitárias, na "tua" universidade, onde eu me plantava tantas vezes ;)
- dos meus amigos da universidade vrs as tuas amigas !

Tudo girava à nossa volta !

Uma nova e linda fase para ti começou.

Só mesmo uma pessoa como tu para quebrares os convencionalismos e lutares por um casamento LINDO na praia, ao pôr do sol, com gaitas de foles como complemento ao pano de fundo.

Só mesmo uma pessoa como tu para partir hoje de manhã, à sorte, no 1º avião com lugares vagos para ... não sabes onde !!!!!!

Não sou muito de choros, mas, das coisas que mais me comovem nesta vida uma delas é o casamento. Não sei, se calhar e no fundo o amor comove-me, é isso. O teu casamento não foi excepção, foi um por todas as razões e mais algumas que deveria ser uma regra, para mim, de comoção !

Não perdi uma grande amiga!
Ganhei mais um grande amigo !

Sê FELIZ para todo o sempre !

25 comentários:

LoiS disse...

Relato público, do excelente dia passado ontem na praia por motivo do casamento da minha grande amiga !

Maria disse...

Até fiquei com lágrimas nos olhos, mas sabes que recebi agora mesmo uma sms dela?

Espero que ela e o seu mais que tudo sejam muito felizes, como merecem pelas excelentes pessoas que são...

Beijocas para ti também porque quando és amigo de alguém, és mesmo sem tangas e sem pedires nada em troca...

edunileo disse...

Muito emocionado o teu relato do dia de ontem. Se bem que longe, pelos vistos valeu a pena.

Se realmente a tua amiga é assim, "tiro-lhe o chapéu".

"Invejo" a coragem de ir contra o "socialmente correcto". Se bem que também não sou exemplo - a minha coragem não vai tão longe. Talvez noutros aspectos, mas isso agora não interessa.

O amor não alimenta - mas ajuda-te a sobreviveres neste mundo cada vez mais "egoísta".

Bjokas

LoiS disse...

Obg...pessoal!
A 1 hora e meia de casa, pena foi ter sido no Domingo e hoje ser o 1º dia de trabalha after vacaciones...calculam às horas a que cheguei !

LoiS disse...

Edu...

Bem Vinda e fica por cá !!!!

marta disse...

Que lindo lois! Adorei o teu texto!

LoiS disse...

Obg linda Marta!

Arthur disse...

Lois grande texto

à menina que se casou, que por sinal eu até gosto muito, um grande beijo e felicidades

LoiS disse...

Man, n sei onde se encontra agora, sei apenas que volta daqui a 15 dias ;)

Lígia disse...

conseguiste emocionar-me, a mim que acho que os casamentos são do mais lamechas que há. beijocas para ti e para os noivos que estão em parte incerta (pelos vistos)

LoiS disse...

Eu choro acredita!
Hehehe, já opto pelos oculos escuros cada vez q vou a um casamento.
Não acredito que consiga alguma vez levar uma filha ao altar ! Espero estar cá nessa altura se a mesma ainda fôr desta forma que conhecemos, mas olha, não sei como vou fazer a sério !

TONY, Duque do Mucifal disse...

grande texto Lois. Desde que vieste de férias, que estás com um grande nivel. O que dizer deste post? Olha...lembrei-me daquele...aquele que me fez vir pra blogosfera...aquele em que me emocionei e senti que tinha em ti mais do que um amigo...deste-me a mão como se faz a um irmão...e isso não se esquece. OBRIGADO!

LoiS disse...

Tony lindas palavras !
Obg.
Vamos escrevendo o que nos vai na alma e só aquilo que queremos !
Abraços grandes !

freemind disse...

Xiiii... quem te viu e quem te vê!!!

LoiS disse...

Quem sempre me viu, viu-me assim !
Bjs

Andorinha disse...

Mto bonito mesmo :)
Ao fim de 25 casamentos em 3 anos tenho-te a dizer que só pela descrição, apesar de já vomitar casamentos pelos olhos, esse deve ter sido bárbaro, e não me importava nada que um dos meus amigos tivesse ideia parecida!!
P'ra mais de uma Amiga tão grande, eu cá tinha chorado baba e ranho também!
Parabéns aos noivos e que sejam muito felizes!

Anónimo disse...

Achei linda a descrição do casamento, mas acima de tudo achei lindo a tua amizade pela noiva!
cuscablogs
P.S Acho que vou cuscar este blog mais vezes

LoiS disse...

Obg lindas.

A amizade e o amor são sempre lindos !!!!!!
Bjs

LoiS disse...

Cuscablogs:

Já te disse que te quero cá e participativa!

Ana (casada de fresco) disse...

Não sei se ria, se chore… Estou aqui com aquela cara de meio sorriso, meio lágrima no olho, depois deste bonito texto de alguém que foi e continua a ser o meu melhor amigo daqui pouco há 20 anos!!! Se algumas pessoas ficaram emocionadas com o relato, imaginem eu, que vivi tudo o que foi descrito, desde as parvoeiras de ter 14 ou 15 anos e ter um amigo que conversava comigo sobre os segredos do sexo oposto como se eu fosse um rapaz, às incríveis noitadas, aos caldinhos pelo meio até ao dia do meu próprio casamento! Só aqui entre nós, eu até não era muito de casar... Afinal o amor mudou-me, aceitei de imediato o pedido que me tinha sido feito há um ano, preparei tudo com entusiasmo e vivi um dia de sonho tal como nos contos de fadas. É tão bom quando descobrimos o impensável e também quando permanece o que vale realmente a pena. Uma amizade sólida e que quero para sempre, até ao dia em que vamos continuar as longas conversas de telefone da adolescência no banco do jardim... de bengala...
Quero agradecer-te grande amigo estas palavras, que mostram o quanto me conheces bem, desde o meu lado sensível ao rebelde. Acho que vou colocar este texto numa moldura e pendurá-lo, foi uma das mais bonitas prendas de casamento que recebi. São estes pequenos grandes nadas que me fazem feliz.

ana (acabada de chegar da lua de mel) disse...

Sobre a lua de mel acabei por não ir de avião, parti de comboio durante 12 dias até ao fresco e à neve no cume das montanhas dos Alpes italianos, depois deixei o verde em direcção ao mar, onde encontrei os canais de Veneza, com todo o seu romantismo e fiz um passeio de gôndola inesquecível. Passei por Madrid, Barcelona e Milão. Obrigado a todos os que escreveram comentários com votos de felicidades para o meu casamento.

LoiS disse...

Esqueci-me da Nossa peculiar investida junto da Queima da Fitas em Coimbra e do teu desaparecimento até às 9 da manhã ... nc estive tão próximo de te "bater" !
lol

Maria disse...

Voltaste? Que bom, ainda bem que estás feliz!

Muitos beijinhos

Ana disse...

Essa do meu desaparecimento não era para contar... Levei contigo durante anos por causa disso!!! Pois é, pois é e não te lembras uma vez que me dizeste numa festa na Universidade Nova que eu podia beber à vontade, que tu estavas numa de ser atinado e ias portar-te bem e levavas depois o meu carro (um fiesta vermelho na altura)??? Quando te encontrei passado um tempo, porque te perdeste lá no meio, eu estava mal, mas tu estavas o dobro pior que eu... lol... também fiquei capaz de te bater...E da outra vez que desapareceste no Alcântara Mar e nem vou revelar como chegaste depois ao pé de mim, digamos, que traumatizado com uma experiência psicadélica...

Ana disse...

Beijinhos para ti também Maria