domingo, 13 de maio de 2007

EUROVISÃO

Quem não se recorda, há uns belíssimos anos atrás, dos momentos passados à volta da TV a assistir ao importante evento do cançonetismo Europeu: o concurso anual da EUROVISÃO?

Aquele onde Portugal ganhava sempre que tinha alguém a votar na nossa música. Aqueles dois ou três pontinhos que nos tiravam do zero, normalmente atribuídos pelos simpáticos “nuestros hermanos”, sabiam a vitória!

No meu zapping de ontem, a RTP1 emitia o concurso da EUROVISÃO 2007.

Disse para o pessoal que estava comigo: “Ainda existe?”.

No momento em que parei na RTP1, passava a música da Ucrânia, com uma performance musical que nos prendeu ao ecrã. Era uma mistura do som da "música dos carrinhos de choque”, com a melodia do folclore de leste. Buzinas e barulho quanto baste, liderados por um balofo mas alegre e contagiante Drag Queen.

Foi impossível resistir a tamanha alegria e ritmo que aquele grupo emitia. Éramos nós deste lado a sorrir, e o público no recinto da EUROVISÃO a bater palmas e a dançar. Aquele som parecia como um daqueles que eu tantas vezes dancei nos bares do “álcool” de porta aberta, nas noites de Torremolinos e Benidorm, em volta de grupos de inglesas, imitando uma qualquer coreografia maluca ao mesmo tempo que equilibrava um balde(*).

Acabada a actuação da Ucrânia desisti do programa, não ouvi mais nenhuma, no entanto, passado algum tempo, volto à RTP1 onde naquele momento decorria a recta final da votação.

Torci pela única música que ouvi, a da Ucrânia. Portugal nem se via num concurso em que os países de leste dominavam os lugares cimeiros. A Ucrânia acabou em 2º lugar.

* Recipiente maravilhoso, de plástico, com um litro de cerveja ou cuba livre!

10 comentários:

lélé disse...

Eu lembro-me bem desses momentos em que passava em directo o festival da canção e a votação era feita via telefone. Era um evento quase obrigatório e uma decepção, também quase obrigatória, no final: as músicas que mais gostávamos nunca ficavam nos primeiros lugares! ERA engraçado!

Marta disse...

Ainda existe? :)))

mystic disse...

Já nem me lembro de quando foi o último k vi do principio ao fim, já deve ter passado no minimo uma década e ao ver este videoclip veio-me á memória o porquê.
Está no youtube tb a portuguesa e mal por mal prefiro a nossa apesar de pimba.

Marta disse...

Parabens meu querido!
Um beijinho do tamanho do mundo!

blackstar disse...

Eu lembro-me dos dias do festival... acho que era quase obrigatória a permanência em frente ao televisor, à espera dos tais pontinhos dos nossos vizinhos... Perdeu-se essa magia, mas não encontro explicação para isso! Bj

Jade disse...

Ao ver e ouvir a música, pensei se tal seria possível em Portugal, uma drag queen a defender as cores da nação... Até temos o Castelo Branco que, certamente, desempenharia o papel na perfeição!

Capitão-Mor disse...

Estive a ver essa relíquia na RTP internacional! :)
Para variar, a canção portuguesa ficou-se pela boa vontade. Mas até gostei da cançoneta da Bulgária com um forte aparato de percussão...

Rubina disse...

Já nem perco tempo, e acho que Portugal nem devia mandar representante. O festival da eurovisão tá viciado. A máfia de leste só atribui pontos a eles próprios, assim como a Grécia dá 12 pontos ao Chipre e vice-versa. Um treta!

Silvia F. disse...

Só 1 palavra me ocorreu quando ouvi a música da Ucránia: PORRA!!

Ainda não percebi porque Portugal insiste em participar... e a França também! Concurso mais rafeiro!

PS: A sua Insolência passa dos 34 para os 35 sem dizer nada?? Tá mal!
Ficam os meus Parabéns atrasados mas sinceros!! :)

freemind disse...

Ainda vi um bocadinho, mas era demasiado mau.