terça-feira, 15 de maio de 2007

Custos de vida

No meu circulo de amigos, um deles saiu-se em tempos com uma frase que tem sido usada com relativa frequência em diferentes exemplos: melhor do que ter um barco, é ter amigo(s) com barco.

O significado dessa frase prende-se com os custos inerentes à manutenção de um barco: marinas, combustível...

Neste momento que atravesso, em que acabo de receber a notícia do custo da revisão do meu carro digo:

Melhor do que ter um carro, é ter uma amiga – já agora prefiro – que tenha e que me passeie para onde quero!

Irra!

12 comentários:

LFM disse...

LOL
Por essa ordem de ideias, venham elas com aquilo que nos faz falta
LOL

LoiS disse...

Disse amiga, como "choufeur" das minhas necessidades. Dona e senhora das manutenções da sua máquina...entenda-se!

lol

Silvia F. disse...

Esse francês está mesmo rançoso: "chauffeur"!!
Mas isso não é o que fazem os taxistas? Querias ter alguém que te passeasse onde quisesses sem pagares, certo? Tá, olha o Pai Natal não existe, não, sabias?

Pelo menos o teu post mostrou pela tua preferência por uma "amiga" que tens mais confiança na condução da mulher do que do homem, aha!!

Silvia

PS: Não precisavas agradecer tão efusivamente o meu reparo em teres passado dos 34 para os 35 e dar-te os parabéns! Não era preciso, a boa educação é desnecessária, mesmo! Com inimigos como tu quem precisa de amigos, bahhh!

Rubina disse...

Ao menos não vens com a história de que as mulheres conduzem mal :), ainda bem. Mas melhor melhor é conduzirmos a nossa vida, e o nosso carro, embora gostasse de ter esse luxo, um chaffeur. Acho que era o único luxo de rico que gostaria de ter. Beijo

Marta disse...

E de preferência que seja boa também! : )

LoiS disse...

Franciú Morcona:

Obg pela dica, em português será mais "Chófére". E olha, ctg ao volante por perto, pelo que vou sabendo, emigrava!
PS. Não te agradeci assim tão efusivamente, afinal, ainda espero o teu telefonema ;)))))) e olha, a boa educação é sempre necessária, SEMPRE!

Bjs Flôr

RUBI:

Aqui por estes lados estão perigosas como tudo, equiparáveis aos taxistas.

MArta:

Boa pessoa, claro, para ser minha "chófére"

blackstar disse...

Eu partilho a tua opinião... e nem é pelos gastos do carro (pronto, essa parte seria uma óptima recompensa) é mesmo porque detesto conduzir... Bjs

Marta disse...

Calro Lois, nem eu pensei que fosse outra coisa assim de repente...: )

Agridoce disse...

Já agora partilha connosco: alguma preferência pela marca do automóvel??

LOLOLOL


Beijos

Xuinha Foguetão disse...

Como eu te entendo...

Beijos e espero que encontres a "choufeur" ideal.

Beijos

Capitão-Mor disse...

Ou então optas pelos transportes públicos. Os alvos femininos são muito mais numerosos! :)

Arthur disse...

quem é a amiga da foto?

Lois eu sabia que tu por trás desse nick de gajo afinal era miuda