quinta-feira, 23 de fevereiro de 2006

ERA de Aquário

PERMITAM-ME SER UM POUCO MAIS EXAUSTIVO NO QUE CONCERNE A ESTE TEMA, COM O AUXÍLIO DA NOTÁVEL AMIGA VANESSA TULESKI .

Antes, é necessário entender o que é uma ‘era’. O pólo celeste (extensão imaginária do pólo terrestre) executa um movimento circular, de leste para oeste, que leva 25.794 anos (este número ainda não é um consenso entre os estudiosos).

Assim, há cerca de 2 mil anos, era a constelação de Carneiro que inaugurava o equinócio de primavera. Agora, é Peixes que está lá. Brevemente será Aquário.

No entanto este tema não é pacífico, existem estudiosos que dizem que a Era de Aquário já começou, e outros acreditam que ela se iniciará daqui a cerca de 150 anos.

Entretanto, embora haja discussões a respeito de quando a Era de Aquário irá de facto começar, a maioria dos astrólogos crê que estejamos em uma fase de transição entre a Era de Peixes e a de Aquário, ou seja, que ainda estejamos vivemos de acordo com todos os padrões da Era de Peixes, mas já mesclados com os desafios da próxima Era.

Cada Era traz à tona todas as questões do signo que o representa:

Era de Touro, sabe-se que este Era teve fundamental importância no desenvolvimento da civilização egípcia. Foi nesta Era que surgiram as religiões ligadas à terra, e que o ser humano começou a se estabelecer, deixando de ser nómada.

Era de Carneiro, foi caracterizada por guerras, disputas e pelo surgimento de deuses mais masculinos ( Carneiro é um signo de polaridade masculina), em oposição às deusas que predominavam até então.

Era de Peixes desloca a acção do Oriente para a Europa. O Cristianismo nasce junto com a Era de Peixes, e grande parte dos factos desta Era estão relacionados com ele: desde a perseguição dos primeiros cristãos até o momento em que a Igreja Católica angaria um poder incalculável. Durante a Idade Média, a Igreja controla toda e qualquer forma de conhecimento, e seus preceitos exercem uma inflexível influência sobre as pessoas.

Era Peixes-Virgem é uma era com uma profunda necessidade de significado, mesmo que, em muitos momentos, isto fique obliterado pela manipulação religiosa (Peixes) e pelo materialismo (Virgem). Vivemos, no final da Era de Peixes, o chamamento para a Era de Aquário. O desenvolvimento científico é acelerado. Começam a surgir religiões e sistemas de crença mais baseados na força da mente e na crença de que também podemos ser deuses (um modo aquariano de pensar).

Na realidade, em todas as Eras houve dificuldade em se equilibrar os dois signos envolvidos. A humanidade passou boa parte da Era de Peixes tendo a sua capacidade de análise e discernimento (simbolizada por Virgem) bloqueada por crenças impostas de cima para baixo. Quando, a partir do século XIX, o espírito científico começou a desenvolver-se, daí foi Virgem que assumiu a supremacia. Descartou-se tudo o que não se podia explicar e iniciou-se um período de excessiva racionalidade e fragmentação, que resultou no surgimento em massa de doenças emocionais decorrentes da falta de conexão com algo maior (por que acham que tantas pessoas se drogam no mundo?).

A Era de Aquário não é, portanto, uma Era que automaticamente nos vai conduzir à fraternidade, a um entendimento extraordinário de quem somos e do que o mundo é, a uma nova forma de organização, a uma descoberta sem precedentes do nosso poder mental e a um uso adequado dele. E por que não? Porque Aquário não é um signo melhor do que Peixes, assim como Peixes não é melhor do que Carneiro, assim como nenhum signo é melhor do que outro. Em cada Era, nós temos escolhas a fazer. A tecnologia, principal promessa da Era de Aquário, tanto nos pode levar a uma separação do nosso lado instintivo, tornando tudo excessivamente lógico e frio, como pode ser tão aperfeiçoada que nos leve a sanar os problemas que até agora criamos com o uso dela. A penetrante mente aquariana tanto pode nos levar a finalmente rompermos com antigos comportamentos danosos quanto nos trazer agitação, alienação e rebelião, sintomas já presentes actualmente.

A Era de Aquário será, sem dúvida, caracterizada por uma grande mudança em relação às outras Eras, porque isto faz parte do símbolo de Aquário. Mas isto nos levará a um mundo realmente melhor? Afinal, quem tem razão: os intelectuais que prevêem um mundo frio, excessivamente racional e controlado, ou os místicos que falam em uma era de amor?

É UMA DÚVIDA QUE SUBSISTE ! MARTA, SEGUE TU !

10 comentários:

marta disse...

Já vi que andaste a estudar. ;)))Bom, eu como vejo as coisas sempre mais na vertente mística e espiritual, quero e prefiro acreditar que vamos entrar numa Era de Amor. Apesar dessa energia aquariana já estar a baixar na terra, há quem diga que só daqui a 150 anos lá estaremos por completo, há quem diga que até 2012 ( fim do calendário Maia ) entraremos definitivamente nesta nova Era. Aquário ( mudança, liberdade )-leão ( identidade ) acho que será acima de tudo um período de busca interior, de conexão com o Eu, do entendimento da identidade.
Como podemos fazer escolhas na nossa vida, se não sabemos quem somos e escolhemos sempre em função dos outros,do que é certo aos olhos da sociedade e das crenças que sempre nos foram impostas?
Se vamos usar o poder mental adequadamente? Se vamos entrar num mundo frio,excessivamente racional e controlado? Sendo aquário, regido por Urano, planeta da mudança e da liberdade, será inevitávelmente um período de revolução e mudanças subitas.E quem aceita a mudança evolui com a consciência e a sabedoria, quem fica e resiste a ela, evolui com as perdas, o medo e o sofrimento.Evolui com os tsunamis, com os furacões, com os cancros,com os atentados terroristas,com as doenças, com as crianças hiperativas que estão a nascer em cada casa e a revolucionar as familias dos mais cepticos...A mudança é inevitavel, agora é escolha nossa de que forma vamos lidar com ela!
Acho que é acima de tudo uma Era em que vamos aprender a escolher por aquilo que realmente somos, coisa que nunca soubemos fazer até aqui.
bjs...

Maria disse...

Honestamente acho que tendencialmente as pessoas se vão questionar mais sobre qual o melhor caminho, mas até existir mudança efectiva vai levar muito tempo porque os seres humanos são muito renitentes à mudança... por outro lado, pode ser que esta perturbação generalizada causada pela guerra, fome, doenças diversas e outras coisas mais, leve a uma tomada de consciência quanto à necessidade de mudar. Mas como já deu para ver estamos a falar de ciclos temporais muito latos e dos quais não temos total percepção...são só sinais, mas não é de sinais que vivemos?
Beijocas para os dois

LoiS disse...

Já sei quem és. És uma guia espiritual positiva da world wide web. Ainda te vou surpreender ;)

LoiS disse...

Para além de que esta consciência mais emotiva se tem vindo a revelar à algum tempo. Para uns estamos cansados da vida materialista, para outros, como nós, é a tentativa constante da resposta às 3 perguntas:

quem somos?
de onde viémos?
para onde vamos?

Acrescentando uma quarta mais mística que por aqui vamos debatendo:

qual o meu propósito aqui ?

Aquele que conseguir dominar estas respostas é um ser transcendentemente superior e que concerteza alcançou a supremacia espiritual.

Como se diz: "busco a perfeição" - a mesma será lcançada quando se obtiver a resposta a estas questões.

Para a minha guia espiritual e para a minha "francesinha" querida o meu obrigado por estarem aí!!!!

Maria disse...

E também uma outra pergunta, para mim muito importante. O que é que eu aprendo com todas as pessoas que me cruzo e porque é que me cruzo com estas especificamente e não com outras?

LoiS disse...

Destino, que não é mais que a soma de tudo o que passamos em outras vidas e que nos condicionam nesta nova.

Por outra palavra: Karma

Pq é que uns têm uma vida de merda e têm dificuldade em sair dela e outros parece que tudo lhes corre bem?

Pq é que nos sentimos tão próximos de um perfeito "estranho" e distantes de alguém que "conhecemos"?

Pq é que sentimos que já ali estivemos?

Pq é que sentimos que um ciclo se completa com uma atitude tomada?

Pq?

Pq?

marta disse...

No fundo Marie, a pertubação generalizada e todas as perturbações da nossa própria vida são sinais. E são presisamente esses seres humanos renitentes à mudança, que evoluirão pelo sofrimento. As mudanças vão-se dando na vida de cada um e cada um mudará um todo! Assim esperemos :)

Sou positiva mas não sou uma guia espiritual :)), sou apenas alguem que procurou outra forma de vêr a vida qd os conhecimentos que tinha deixaram de me dar respostas para a minha dor...
E espero sim que me surpreendas muito! :)))

marta disse...

Pq tens alguma coisa para resolver com essas pessoas. Cruzas-te com elas enquanto tiverem que aprender uma com a outra. Qd cada qual seguir o seu caminho, como no caso dos amigos de quem nos afastamos sem sabermos porquÊ, é pq já n tens nada para evoluir com essas pessoas.

marta disse...

É mesmo isso Lois! N sei se serei eu a tua guia espiritual, ou tu o meu guia! lolol
Qd descobrimos qual o nosso Karma, descobrimos em parte o nosso verdadeiro propósito e sentido de vida. É esse o nosso principal nó, é dele que fugimos a vida toda. É por fugirmos dele que damos tanta cabeçada.
Beijocas para ti Marie
Beijocas para ti Lois
E obrigado por esta magnifica partilha...:)

ps: já me estás a surpreender! ;)

LoiS disse...

Muito bem, a profundidade que aqui vai. Seres abertos ao mundo é o que constato que temos aqui. Abertos à vida, ás emoções, aos sentimentos, ao próximo e ao amor. GENTE BOA !

Tudo o que semeiam colherão, tudo o que desejam ao próximo a vós retornará. Não esquecemos isto nunca, tenho a certeza ! Nisso já evoluímos. Falta muito mais. É isso que nos move em frente...a tal busca das respostas.

Este blog é um campo de partilha e troca de insultos, ou melhor, tem sido, no entanto constato que as discussões sobre o Sexo e a Cidade evoluíram para um estágio superior, tendo trazido com esta nova abordagem temática novos elementos que melhor ainda compõem o ELO que liga esta espaço.

Seres evoluídos que realmente alguma mensagem trazem !